• 193 
  •  
  •  
  •  

Corpo de Bombeiros promove avaliação para tratamento de canal

 

Pacientes devem comparecer à 4ª Odontoclínica, no HCAP, no dia 4 de abril

 

A 4ª Odontoclínica Militar vai realizar, no dia 4 de abril, das 8 às 10 horas, avaliação para tratamento de canal. Os interessados devem estar de alta clínica no dia da triagem e apresentar o encaminhamento para a especialidade de qualquer unidade odontológica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). Será necessária também a apresentação do documento de identidade ou, no caso de dependentes, a carteira emitida pelo Serviço Social da corporação.

 

A 4ª Odontoclínica fica localizada nas dependências do Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP), na Avenida Paulo de Frontin, 876 – Rio Comprido. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone 2333-7724.

Segurança do Carnaval - Rio TV Debate (TV Câmara)

  

Curso de mergulho do Corpo de Bombeiros é referência - D.O. Notícias

 

Febre Amarela: Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual participam da força-tarefa para vacinação

 

Militares já percorreram cidades como Casimiro de Abreu, Campos, Rio Bonito e Araruama

 

Desde quinta-feira (16.03), militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) e da Defesa Civil Estadual participam da força-tarefa do Governo RJ na campanha de vacinação contra a febre amarela. Viaturas são empenhadas diariamente para o deslocamento das equipes de saúde dos municípios. A aeronave da corporação também é utilizada em caso de necessidade. A tropa já esteve, além de Casimiro de Abreu, nas cidades de Campos dos Goytacazes, Rio Bonito e Araruama.

 

De acordo com o superintendente de Grandes Eventos do CBMERJ e responsável pela atuação da corporação nesta missão, coronel Wanius Amorim, o apoio à campanha está vinculado ao planejamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que sinaliza as demandas dia a dia.

 

 - Entre as nossas tarefas estão a entrega de doses das vacinas, o apoio e a supervisão dos postos e a retirada de materiais para a SES. Em um dos dias de trabalho, por exemplo, chegamos a totalizar 351 quilômetros percorridos só no município de Casimiro de Abreu. Em Rio Bonito, no mesmo dia, foram entregues 2.500 doses em três bairros - informou.

 

Para o oficial, é importante valorizar o esforço coletivo. O trabalho em equipe favorece os melhores resultados.

 

 - Estamos atuando junto também à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio de Janeiro(Emater). Seguimos em atividade focados, principalmente, na imunização da população que vive em áreas mais distantes dos centros urbanos – concluiu Wanius. 

 

 

Corpo de Bombeiros investe na qualificação da tropa para combate a incêndios urbanos

 

Programa itinerante ensina novas técnicas a bombeiros que atuam na prontidão operacional

 

Até junho, cerca de 220 bombeiros que atuam na prontidão operacional do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) vão receber treinamento especializado, com foco em incêndio urbano do tipo ofensivo. O curso, voltado para militares que atuam exclusivamente em viaturas de combate ao fogo, tem como objetivo aprimorar conhecimentos no uso dos equipamentos e ensinar novas técnicas de controle das chamas. 

 

- O Programa de Qualificação Operacional desenvolvido pelo Centro de Instrução Especializada de Bombeiros (CIEB) oferece uma ótima oportunidade de aprimoramento profissional. Os bombeiros têm a chance de quebrar vários paradigmas e aprender, por exemplo, sobre a correta utilização do esguicho de vazão regulável, técnicas de passagem de porta e progressão em locais de incêndio, além da importância do uso correto do equipamento de proteção individual nos eventos atendidos – afirmou o capitão Fabio Contreiras, comandante do CIEB.

 

O programa é itinerante e vai oferecer capacitação a todos os Comandos de Bombeiros de Área do Estado do Rio de Janeiro. As instruções acontecem em dois dias, num total de 16 horas, e incluem simulações de fenômenos extremos do fogo, como o flashover e backdraft. Cerca de 40 militares que atuam no Méier, Campinho, Jacarepaguá, Campo Grande, Ilha do Governador, Irajá e Penha (CBA-I) já participaram das duas primeiras turmas.

 

 

HCAP imuniza militares contra a febre amarela

 

Vacinação acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas

 

O Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP) está empenhado, desde a última quinta-feira (17.03), na imunização dos militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) contra a febre amarela. Até o final do dia de segunda-feira (20.03), mais de 1.500 bombeiros tinham recebido a dose na unidade.

 

De acordo com o diretor técnico do HCAP, coronel Roberto Miúra, há um esforço do comando da corporação para que a tropa possa ser vacinada.

 

 - Estamos priorizando, neste primeiro momento, a vacinação dos militares. Muitos deles estão também empenhados na missão de apoio à Secretaria de Saúde no interior do Estado. Em seguida, vamos articular para que familiares também possam ter o benefício – contou Miúra.

 

A vacinação no HCAP acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. É preciso apresentar a identidade funcional. O HCAP fica na Av. Paulo de Frontin, 876 – Rio Comprido. 

 

 

Corpo de Bombeiros do Rio recebe candidatos ao 1º ano do Curso de Formação de Oficiais

 

 Após três semanas de estágio probatório, aprovados serão denominados cadetes

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) recebeu, no dia 13 de março, os candidatos ao 1º ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO). Eles se apresentaram na Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II (ABMDPII), em Guadalupe, para o início do estágio probatório. Durante três semanas, é realizada a conclusão da última etapa do concurso de admissão: aptidão para a profissão. Os aprovados, então, recebem a denominação de cadetes e passam a compor a terceira companhia do CFO.

 

A solenidade de apresentação aconteceu no anfiteatro do Complexo de Ensino Coronel Sarmento (CECS) e foi presidida pelo comandante da ABMDPII, coronel José Albucacys.

 

- Esse é o primeiro passo de uma bela jornada. Todas as lições aprendidas deverão ser colocadas em prática durante as missões visando ao bem da população fluminense – destacou Albucacys.

 

 

Bombeiros do 2º GMar participam de atividades com crianças autistas

 

Guarda-vidas garantiram a segurança e a alegria dos jovens do Instituto Priorit 

 

A Praia do Pepê, na Barra da Tijuca, foi palco de um encontro especial, na manhã do domingo (12.03). Bombeiros do 2º Grupamento Marítimo (GMar – Barra) participaram da comemoração anual do Instituto Priorit, especializado no tratamento de jovens autistas. Além de garantir a segurança das 50 crianças presentes no evento, os guarda-vidas interagiram com o grupo por meio de brincadeiras e músicas.

 

– Foi um prazer recebê-los. O contato com a areia e com o mar traz experiências e sensações que certamente ajudam na evolução das crianças. Esperamos que elas voltem outras vezes. Esse é o tipo de atividade que faz bem para elas e também para nós – afirmou o comandante do 2º GMar, tenente-coronel Lorite, que coordenou o apoio à atividade.

 

Os bombeiros jogaram capoeira e participaram de uma roda de samba com as crianças, seus pais e responsáveis. Eles também orientaram as famílias sobre o mergulho no mar.

 

– Uma das nossas crianças não ia à praia há dois anos por receio dos pais. Com o apoio dos bombeiros, eles se sentiram seguros para levá-la na água. A reação foi inesperadamente positiva. Foi emocionante. Agradecemos ao Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro pela inestimável ajuda, pelo carinho e pela atenção com nossos pequenos autistas. As crianças ficaram encantadas. Os guarda-vidas ofereceram muito mais do que proteção e contenção durante as atividades. Foi um dia mágico. Vocês são nossos heróis de verdade – disse o diretor do Priorit, Dr. José Carlos Pitangueira.

 

 

Cadetes do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais realizam primeira marcha

 

 Atividade foi realizada no Pico da Tijuca e no Pico do Papagaio

 

Cadetes do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO) realizaram, no dia 9 de março, sua primeira marcha. Os militares subiram o Pico da Tijuca e o Pico do Papagaio, localizados no Parque Nacional da Tijuca.

 

De acordo com o oficial responsável pela atividade, capitão Felipe Bomfim, esse tipo de exercício visa ao preparo físico, técnico, profissional e psicológico para o Estágio Básico de Busca Resgate e Sobrevivência.

 

  - Ao longo do percurso foram realizadas diversas instruções, como orientação com bússola e carta. O treinamento faz parte do currículo do oficial combatente. Todos os participantes carregaram uma mochila contendo os equipamentos necessários para a sobrevivência – relatou o capitão.

 

Para o capitão Rodrigo Melo, que também participou da marcha, esse é um conhecimento prévio necessário para a próxima etapa da formação.

 

 - As marchas do 2º  ano servem para trazer um pouco de experiência para esses jovens enfrentarem a fase da sobrevivência que, sem dúvida, será um marco em suas vidas – disse o capitão. 

 

Bombeiros da Baixada e do interior do Estado recebem instrução em primeiros socorros

 
 
Programa de Instrução Técnico Profissional (ITP) teve início na segunda-feira (13.03)
 
Até maio, cerca de 450 bombeiros da Baixada Fluminense e do interior do Estado vão receber treinamento especial, com foco no primeiro atendimento a emergências traumáticas e na estabilização de vítimas até a chegada de socorro especializado (ambulância).  A ação faz parte do programa de Instrução Técnico Profissional (ITP), desenvolvido pelo Centro de Educação Profissional em Atendimento Pré-Hospitalar (Cepap) do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro.
 
A capacitação tem ênfase na abordagem inicial ao politraumatizado, em procedimentos de extricação, imobilização e transporte, em técnicas de hemostasia e manipulação das vias aéreas no trauma. Os militares também são instruídos sobre abordagem a pacientes portadores de transtorno mental, emergências clínicas, como mal súbito e crise convulsiva, além de técnicas de suporte básico de vida (SBV).

Nesta semana, o treinamento aconteceu nos destacamentos de Seropédica e Queimados, do Polo Baixada Fluminense (CBA VI). Até o dia 18 de maio, o projeto percorrerá cerca de 16 unidades das regiões da Costa Verde (CBA VII), Baixadas Litorâneas (CBA V), Centro Sul (CBA III), Serrana (CBA II) e Norte/Noroeste (CBA IV). 

 

 

Página 1 de 42